19/09/2017

Mistão do Liverpool perde para o Leicester e está fora da Carabao Cup

E lá vamos nós de novo.

Os Reds viajaram até a cidade de Leicester para enfrentar os Foxes. A partida valia vaga nas oitavas de final da Carabao Cup e o Liverpool saiu derrotado pelo placar de 2-0.

O time misto escalado por Jürgen Klopp foi: Danny Ward, Flanagan, Gomez, Klavan e Robertson. No meio Henderson, Grujic e Wijnaldum. E na frente Oxlade-Chamberlain, Solanke e Coutinho.

Chamberlain e Solanke finalmente tiveram oportunidades, diferentemente do que vinha acontecendo, quando os mesmos entravam em campo para tentar reverter um resultado desfavorável, com poucos minutos no relógio. Ambos tentaram bastante, mas sem o sucesso esperado.

Créditos: Liverpoolfc.com
O Liverpool sempre começa com muita intensidade. Normalmente, os trinta primeiros minutos são amplamente dominados pelos Reds. Posse de bola, pressão no campo de ataque, desarmes rápidos no meio campo e oportunidades criadas. E hoje não foi diferente. 

Solanke, o nosso centro-avante com características de pivô, escolhido para o jogo de hoje, teve seus momentos. A maioria das chances do inglês marcar veio de bolas alçadas, principalmente pelo preciso Andy Robertson. Aliás, o escocês fez uma boa partida. Chegou bastante ao ataque, normalmente acertando os alvos em cruzamentos ou passes rasteiros, e se Solanke estivesse com o posicionamento em dia, teria conseguido testar algumas para dentro do gol.

Coutinho jogou bem nos 45 minutos que esteve em campo. Novamente como um ponta, mas tendo a obrigação de cair pelo meio, já que Robertson chegava mais à linha de fundo, o brasileiro conseguiu fazer boas jogadas. Driblou bastante na entrada da área, buscou companheiros com passes e ainda arriscou algumas de fora de área.

Oxlade-Chamberlain não teve o jogo que gostaria. Foi muito importante para o recém-chegado ter mais tempo de campo. Tentou bastante, mas faltou acertar os últimos passes. Teve uma boa chance no segundo tempo, mas que passou por cima do gol de Ban Hamer.

Na segunda etapa, Klopp tirou Coutinho e colocou Ben Woodburn. O garoto chegou com vontade. Em uma ótima finalização de perna direita, a bola passou muito perto do gol mas não entrou.

Aos 65 minutos, em um lançamento na área dos Reds, Flanagan perde na cabeça, assim como Klavan, que não alcança Iborra e o espanhol escora para Okazaki chutar para o gol. A bola ainda desvia em Robertson e morre nas redes de Ward. 1-0 os donos da casa.

Créditos: Liverpoolfc.com
E para completar a partida fraca por parte do mistão do Liverpool, depois de uma cobrança de lateral, Okazaki toca para Slimani, que corta para a esquerda e acerta um lindo chute de fora da área, no ângulo, indefensável. 2-0 para os Foxes.

Eu poderia copiar e colar o roteiro dos jogos passados. Os Reds tiveram 70% de posse de bola, deu 21 chutes na direção do gol, jogou bonito na primeira etapa, envolvendo completamente o time adversário, mas na segunda etapa cansou e tomou gols que poderia ter evitado. 

Foi basicamente um time reserva que entrou em campo? Sim, foi, mas os reservas do Liverpool deveriam ser melhores que os reservas do Leicester ou poderiam ter tido, quem sabe, outros erros, diferentes dos que o titular costuma ter.

Entretanto, essa competição não é a das mais importantes da Inglaterra e esperamos que o próximo jogo seja diferente. Os Reds enfrentam o mesmo Leicester, também no King Power Stadium, mas dessa vez pela Premier League. Será a última partida sem Sadio Mané, suspenso por três jogos ainda contra o Manchester City. E que venha a vitória! #YNWA
Compartilhar:

18/09/2017

PRÉ-JOGO: Leicester City x Liverpool



ESTÁDIO - King Power Stadium

ÁRBITRO - Stuart Attwell

DATA E HORA - 19 de Setembro de 2017 // 15:45 (BSB)

TRANSMISSÃO - ESPN

Não dá para esconder a insatisfação dos torcedores dos Reds com os últimos resultados: uma goleada vergonhosa e dois empates que poderiam, se não fossem erros defensivos, ter facilmente sido vitórias. O time, que havia começado bem a Premier League, vem tendo problemas desde o jogo contra o Manchester City. 
Entretanto, talvez a troca de competição e uma rotação no elenco seja do que o Liverpool precise para "tomar um ar" entre essas partidas que poderiam ter sido melhores. Amanhã, os Reds viajam até Leicester para jogar a Carabao Cup, novo nome da Copa da Liga. É fato que não é a competição mais aguardada pelos jogadores e pelos espectadores, mas já havia dito aqui no blog como as copas seriam importantes para o Liverpool esse ano juntar algum troféu na era Klopp.

O Leicester começa a temporada tentando se recuperar do fiasco que foi 2016-17. Logo depois de ter levantado a Premier League como a maior zebra dos últimos tempos, a última temporada foi decepcionante para os Foxes - que inclusive demitiram Claudio Ranieri. 
Nessa janela, perderam Drinkwater, ótimo volante, para o Chelsea (assim como perderam Kanté na janela anterior). A notícia boa é que Mahrez, muito perto de sair do clube, acabou ficando (pelo menos até Janeiro). 

FORMA

Como disse, o Liverpool vêm enfrentando problemas em suas últimas partidas. O time enfrentou duros erros da defesa tanto no jogo contra o Sevilla, pela Champions League, quanto contra o Burnley, sábado passado. Esses erros aliados com a falta de sorte de perder um pênalti contra o time espanhol e uma bola no travessão contra o time inglês nos trouxeram dois empates difíceis de engolir. Também fizeram com que os times de Manchester disparassem na frente, com os Reds agora 5 pontos atrás na classificação. 
Coutinho está se readaptando ao elenco, tendo sido titular pela primeira vez na temporada no sábado passado. O time de Jurgen Klopp, que conta com apenas quatro opções de zagueiros para a temporada (Matip, Lovren, Klavan  e Gomez), precisa melhorar bastante o posicionamento defensivo para poder pensar em manter alguma regularidade nas competições.

Se o Liverpool não vive seus melhores dias, a boa notícia é que Leicester de Craig Shakespeare também não está na melhor das fases. O clube conquistou quatro pontos em cinco jogos, tendo somado três derrotas, um empate e uma vitória. Tudo bem que as três vezes que os Foxes perderam foram contra três clubes grandes (Arsenal, Chelsea e Manchester United), mas isso não faz com que a campanha seja melhor do que é - e não é nada boa. Eles, como nós, vêm de um empate de 1-1, contra o Huddersfield Town. 

NOVIDADES DOS TIMES

Do nosso lado, a suspensão de Sadio Mané continua valendo para esse jogo (e termina no jogo contra o mesmo Leicester City no final de semana). Adam Lallana e Nathaniel Clyne continuam desfalcando os Reds, machucados. 
Klopp deve usar um time bastante mudado nesse jogo, dando chance a jogadores que normalmente são substitutos ou reservas e descansando os titulares para o jogo da Premier League no sábado. Devemos ter a rotação de goleiros mudando nosso elenco mais uma vez, dando a titularidade para Danny Ward, goleiro que voltou do empréstimo nessa temporada. Além disso, Klopp afirmou em sua conferência de imprensa desta manhã que devemos ver Dominic Solanke, Marko Grujic e Ox-Chamberlain como titulares da equipe. Sobre a pequena lesão que deixou Dejan Lovren de fora da equipe de sábado passado, o técnico alemão afirmou que o croata provavelmente estará disponível amanhã. 

No lado do Leicester, foi confirmado por Shakespeare que Jamie Vardy não poderá jogar amanhã, devido a lesão na virilha. Christian Fuchs e Matty James também não estarão disponíveis para a partida.
De resto, os jogadores estão saudáveis e poderão vir para o jogo.

PREVISÃO DOS TITULARES

Liverpool - Ward; Alexander-Arnold, Gomez, Lovren, Robertson; Henderson, Wijnaldum, Grujic; Chamberlain, Sturridge, Solanke.
Leicester City - Hamer; Amartey, Morgan, Knight, Chilwell; Mahrez, Choudhury, King, Gray; Ulloa, Okazaki.

ÚLTIMO ENCONTRO

O último encontro entre as equipes foi na Premier League Asia Trophy, o torneio de pré-temporada do qual os dois times participaram. O Liverpool levou a melhor, por 2-1, conquistando o título do torneio na ocasião. Os gols foram de Salah e Coutinho, para os Reds, e de Slimani, para os Foxes. 

Nosso histórico contra o Leicester é de 45 vitórias, 24 empates e 38 derrotas. 

PREVISÃO DA PARTIDA

Com os dois times mudados e rotacionados, acredito que teremos um jogo aberto. O Leicester dará importância para essa competição, uma vez que é uma das chances reais do time para ganhar troféus nessa temporada. Vardy fará falta, mas Mahrez deve jogar, e sabemos que o argelino é ótimo jogador. Estando em casa, os Foxes não darão mole e buscarão a vitória a todo custo, mesmo que nas penalidades.

O Liverpool chegará no King Power Stadium buscando progredir na competição. O novo ar do time, que será bastante mudado, pode ser o bastante para fazer com que os Reds encontrem o caminho dos gols novamente. Se esperarmos o mínimo de decência da nossa zaga, acredito que Solanke, Chamberlain e possivelmente Sturridge consigam entregar os gols necessários para passarmos de fase.
Entretanto, sabemos que se não tiver emoção, não é o Liverpool. Se for para os pênaltis, Danny Ward tem uma experiência bastante recente e vitoriosa para qual pode fazer jus.

PALPITES DO ANFIELD BRASIL

Vitor (@vitoresm): #LEI 2 x 3 #LIV

Maurício (@MauricioCola): #LEI 2 x 3 #LIV

Arthur (@turudo301): #LEI 0 x 2 #LIV

Caio (@mcaio8): #LEI 0 x 2 #LIV

Jaíne (@jainelfc): #LEI 1 x 3 #LIV
Compartilhar:

17/09/2017

Coutinho fala sobre retorno aos campos e Barcelona

A ESPN, através do repórter João Castelo Branco, conseguiu trazer neste fim de semana as palavras de Philippe Coutinho a respeito do que balançou o mundo dos Reds durante a última janela de transferências: A ida ou não de Philippe ao Barcelona.

Falando com o jornalista, Coutinho se abriu a respeito da volta aos campos pelo clube e de seus objetivos pra temporada, além de ter explicado um pouco o acontecido durante a janela de verão europeia.

- Sobre o retorno aos campos pelo Liverpool:

Coutinho: "Primeiramente, é bom voltar a jogar. Depois que voltei, treinei bastante com o grupo e hoje tive a oportunidade, infelizmente não foi o resultado que queríamos, hoje o que importava era a vitória. Mas sabíamos desde o início a dificuldade que seria, era um time que ia jogar um pouco mais atrás e tentamos de todas as formas. Infelizmente não saímos com a vitória mas acho que o time se comportou bem dentro de campo, fizemos aquilo que o treinador pediu, tentamos até o final."

- Sobre a boa recepção da torcida após especulações da janela:

Coutinho: "O que aconteceu, todo mundo sabe. E desde o momento que voltei a jogar aqui, na última partida fui muito bem recebido, como sempre fui desde o início 4 ou 5 anos atrás. O respeito que eu tenho por eles e que eles tem por mim pelo visto está mantido. Então, o que eu tenho que fazer é trabalhar duro, fazer sempre o meu melhor pra ajudar a equipe. "

- Sobre o que exatamente aconteceu a respeito do Barcelona:

Coutinho: "O que aconteceu é... É claro que se você receber uma proposta de trabalho, na vida, em qualquer trabalho, ás vezes você se interessa ou não, no meu caso como todos sabem eu me interessei, minha família também, mas como eu sempre falei, é uma grande honra receber uma proposta de um grande clube como este, mas também é uma grande honra estar aqui, o Liverpool é um grande clube mundialmente. Então estou aqui e darei o meu máximo como sempre."

- Sobre o sentimento que ficou após a transferência não se realizar:

Coutinho: "Foi um mês complicado pra mim. Mas, como eu falei, agora estou aqui. É uma honra receber uma proposta dessas, mas também é uma honra estar vestindo essa camisa. O que eu posso fazer é trabalhar duro pra honrar dentro de campo.

Esta tudo certo, estou trabalhando duro, tenho objetivos com o grupo, que é fazer uma boa temporada e é claro, tem a seleção no meio disso. Tenho que trabalhar bastante para estar lá. Estou aqui para me empenhar e representar a camisa dentro de campo."

- Se ficou algo acertado pro futuro a respeito do Barcelona:

Coutinho: Não, pelo que sei, não. Estou num lugar onde sempre fui muito respeitado, também sempre respeitei a todos, conquistei meu espaço nesses 4 ou 5 anos, nunca tive problemas com ninguém aqui, sempre respeitei muito a torcida, o grupo, os jogadores, os diretores, a parte dos técnicos e isso não mudou em nada. Como eu falei, a situação foi essa, como em qualquer trabalho, surge uma proposta e você se interessa ou não. Agora tudo passou, tenho que trabalhar. Estou focado nisso, em fazer um bom ano e claro, no final de tudo, tenho que fazer direito para ajudar minha equipe, honrar a camisa dentro de campo, pensar aqui e na seleção.


Fonte: ESPN
Compartilhar:

16/09/2017

Reds empatam com o Burnley em casa

Hoje foi mais um daqueles jogos.

O Liverpool recebeu o Burnley em casa pela quinta rodada da Premier League e só empatou em 1-1.

Créditos: Liverpoolfc.com
O time titular veio com inúmeras mudanças. Mignolet, Arnold, Matip, Klavan, Emre Can, Milner, Coutinho, Salah, Sturridge e Firmino. Coutinho começou jogando pela primeira vez na temporada regular, depois de toda a novela envolvendo o Barcelona.

O roteiro foi exatamente o mesmo. Os vinte primeiros minutos de pura pressão e oportunidades, mas quem abriu o placar foi o Burnley. Em outra falha defensiva, começando pela displicência de Arnold em dividir uma bola de cabeça, deixou o adversário tocar para Scott Arfield chutar da entrada da área.

Coutinho, diferentemente do jogo contra o Sevilla, estava mais ligado. Buscou as jogadas e tudo que acontecia no ataque, passava pelos pés dele.

Felizmente, não deu muito tempo e o Liverpool conseguiu empatar com Mohamed Salah. Emre Can lançou do campo de defesa, o egípcio dominou e chutou com força de perna esquerda. O camisa 11, que inclusive foi eleito o jogador da rodada da Champions League, marcou seu terceiro gol pelos Reds na Premier League.

Roberto Firmino esteve apagado na ponta esquerda. Claramente foi uma escolha técnica de Klopp, mas haviam opções: Chamberlain podia atuar por lá, ou Coutinho poderia jogar pela esquerda e escalava Wijnaldum no meio campo, por exemplo.

Daniel Sturridge tentou bastante. Saía da área para buscar a bola e tentou alguns chutes de fora da área. Inclusive o inglês deu um lindo passe de cobertura para Milner, que chutou com força mas foi bloqueado.

Há de se dizer que o goleiro Nick Pope, reserva do machucado Tom Heaton, fez a partida da vida. Dos nove chutes que chegaram no gol, Pope defendeu oito deles.

Faltando dez minutos mais acrescimentos, Klopp decidiu colocar Dominic Solanke e Alex Oxlade-Chamberlain, no lugar de Coutinho e Firmino. A pressão dos Reds continuou, mas em dois lances de escanteio quase saíram gols para o Burnley. Na primeira tentativa, Matip tirou a bola praticamente em cima da linha e na segunda Mignolet fez uma defesa à queima-roupa. 

Em boa jogada pela direita, Arnold tocou para Salah, que foi atingido por um carrinho por trás, mas o juiz não deu pênalti, e na sequência Solanke chutou, Pope defendeu e a bola ainda bateu na trave. 

Créditos: Liverpoolfc.com
O jogo teve o mesmo roteiro que já conhecemos bastante. Foram 72% de posse de bola para os Reds, 23 chances criadas e das 9 que chegaram ao gol, marcamos uma vez. Já o adversário criou 5 oportunidades, 4 foram no gol e marcou o mesmo número de gols.

Klopp tem razão em uma coisa: a culpa dos gols sofridos não é individual. Não é só o Lovren quem deixa espaços, quem cochila e dá oportunidades ao adversário. É preciso concentração, estar o tempo inteiro ligado e efetivamente isso vem faltando ao nosso setor defensivo. Arnold precisa melhorar nesse quesito, assim como Robertson, que correu bastante mas não conseguiu chegar para dar combate na hora do gol adversário.

E na frente, tem que ser mais preciso. O Liverpool fez um jogo muito bom. Atacou com consciência, trocas rápidas de passes, conseguiu lançamentos e criou oportunidades. Mas mais do que isso, o time precisa acertar o gol. Precisa terminar as chances criadas. 

Se segurar defensivamente é difícil, então o ataque tem que concluir com mais precisão. Se todo jogo for 4-3 para gente, não vou me incomodar. Imagino que Klopp pense o mesmo, já que todos os seus times sempre buscam o gol. Agora falta seus comandados capricharem na hora da finalização.

O próximo jogo dos Reds é pela Copa da Liga, contra o Leicester, nessa terça-feira, dia 19, fora de casa. #YNWA
Compartilhar:

15/09/2017

PRÉ JOGO: Liverpool x Burnley


ESTÁDIO - Anfield Road
ÁRBITRO - Roger East - Assits: Harry Lennard/Mick McDonough - 4° Árbitro: Oliver Langford
DATA E HORA - 16 de setembro de 2017 // 11:00 (BSB)
TRANSMISSÃO - ESPN+

Os dias não são dos mais fáceis em Liverpool e já neste começo de temporada o time passa por um momento conturbado. Amanhã receberemos o Burnley em casa para mais uma partida do campeonato e a expectativa é de que o time se reabilite após a goleada sofrida para o Man. City e o empate contra o Sevilla na estreia da UEFA Champions League.

Liverpool e Bunrley fazem campanhas semelhantes e somam o mesmo número de pontos nas quatro rodadas já disputadas (7 pts.) porém nos critérios de desempate os
Clarets levam vantagem por possuir melhor saldo de gols e ocupa a sétima posição fazendo frente aos red's.
Nossa maior expectativa é que Philippe Coutinho retorne ao time titular. O brasileiro foi relacionado para a partida do meio de semana e participou alguns minutos do empate contra o Sevilla; com a ausência de Sadio Mané espera-se que Coutinho entre com os 11 iniciais pela primeira vez na atual temporada.

Sean Dyche já tirou pontos de Chelsea e Tottenham neste campeonato, vencendo em Stanford Bridge e empatando em Wembley, o time de Turf Moor passa longe de ser favorito para o jogo (na teoria) mas quando a bola rolar sabemos que não será surpresa uma boa partida do Bunrley.

OLHO NELES
Robert Brady: Um dos jogadores mais importantes do time nas ultimas temporadas, é um lateral esquerdo com uma postura bem ofensiva capaz de criar várias chances de gols; só neste campeonato Brady já criou 10 chances de gols para o Burnley, mais do que qualquer um companheiro de equipe - incluindo a assistência para Chris Wood na terceira rodada contra o Tottenham. e também é o jogador que mais chutou a gol pelo time (7).

Philippe Coutinho:
Este jogo pode ser marcado como o retorno de Coutinho ao time titular. O talento do brasileiro é inquestionável, um dos melhores jogadores do mundo, capaz de decidir jogos graças a sua incrível qualidade ofensiva e na ausência de Sadio Mané ninguém melhor que o pequeno mágico para substituí-lo. O inconstante time do Liverpool ganhará muito com a criatividade do camisa 10 no meio-campo.

HEAD TO HEAD
O tradicional time do Burnley é mais um oponente que o Liverpool historicamente leva vantagem em confrontos diretos; Nas últimas seis partidas pela Premier League são cinco vitórias dos Reds contra apenas uma deles. No quadro geral são 116 partidas entre os dois times com larga vantagem para o Liverpool:

52 vitorias - 37 derrotas e 27 empates.

NOVIDADES DOS TIMES
▪ Já foi confirmado em Turf Moor que o goleiro Tom Heaton desfalcará o time por vários meses após uma lesão no ombro.

▪ 
Jeff Hendricks que era baixa por problema muscular na coxa estará disponível para o treinador Sean Dyche.

▪ 
Sadio Mané seguirá fora de combate por três jogos - O Liverpool tentou diminuir o numero de partidas mas não conseguiu.

▪ 
Adam Lallana segue como desfalque e não há data prevista para seu retorno.


PROVÁVEL ESCALAÇÃO
4-3-3 
Mignolet - Gomez, Matip, Lovren e Moreno.
Can, Henderson e Wiginaldum.
Salah, Firmino é Coutinho.

CURIOSIDADES
▪ O Liverpool pode se tornar a quarta equipe a conquistar 1.000 pontos conquistados em casa na Premier League se no mínimo empatar no sábado - Atualmente o time soma 999 pts. (483 jogos disputados - 293 vitorias/120 empates e 70 derrotas).

▪ Danny Ings é o segundo maior artilheiro do Bunrley na Premier League com 11 gols, um a menos que Vokes.

▪ Somente o Chelsea (172 min.) liderou o placar dos jogos por mais minutos que o Burnley na atual temporada (153 min.)

▪ Mais uma informação que não nos interessa mas temos que mencionar: Jonathan Walters marcou sete vezes contra o Liverpool na Premier League, mais que em qualquer outro time. 
(Mas o Migs pegou pênalti dele na estreia pelo LFC).

PALPITES DA ANFIELD BRASIL
Caio (@mcaio8): #LIV 2 x 0 #BUN

Vitor (@vitoresm):
 #LIV 1 x 0 #BUN (Gol do Bobby)

Celso (@celsogabaldi): #LIV  #BUN 

Maurício (@MauricioCola): #LIV 5 x 0 #BUN

Alex (@AleexDede): #LIV 2 x 0 #BUN (Salah e Gini)

Jaíne (@jainelfc): #LIV 2 x 0 #BUN

Arthur (@turudo301): #LIV 3 x 1 #BUN (2 do Salah e 1 do Lovren - Wood faz o de honra)

Matheus (@theus1908): #LIV 2 x 1 #BUN 

Compartilhar:

13/09/2017

Liverpool recebe o Sevilla em casa e só empata em 2-2

"Frustração".  Acho que não dá pra começar a falar desse jogo sem usar essa palavra.

Os Reds receberam o Sevilla em casa, partida válida pela Champions League e viram o time espanhol fazer um ótimo resultado, arrancando um empate pelo placar de 2-2.

O time foi escalado com Lorius Karius no gol, Gomez, Matip, Lovren e Moreno na defesa. Henderson, Emre Can e Wijnaldum no meio e Salah, Firmino e Mané na frente.

Créditos: liverpoolfc.com
O primeiro tempo foi todo a cara do Liverpool. Inclusive o gol marcado pelos adversários, aos cinco minutos. Em uma troca de passes e uma marcação frouxa por parte dos Reds, Escudeiro cruzou despretensiosamente para o meio da área, Dejan Lovren (sempre ele!) furou de maneira inacreditável e Ben Yedder completou para dentro das redes. 

Depois disso, durante ainda a primeira etapa, só deu Liverpool. O time não se abalou e passou a dominar a partida. Foram inúmeras chances desperdiçadas, (inúmeras mesmo, os Reds terminaram com 24 chutes) até que, em bela troca de passes entre Moreno e Henderson, o espanhol cruzou rasteiro para Firmino empatar aos 21 minutos. O gol veio para premiar a boa partida que o time vinha fazendo coletivamente.

Apenas dois minutos depois, em um ótimo contra-ataque, Mané achou Can, que tinha tudo para virar a partida, mas acabou chutando para fora.

A torcida deu espetáculo: cantou todo o tempo, inflamados também por Jürgen Klopp, que vibrava a cada chance que seu time tinha.

Aos 37 minutos, Mohamed Salah conseguiu avançar pela direita, tocou para Wijnaldum, que foi desarmado. Quando Nzonzi ia saindo para o jogo, o mesmo Salah, com muita disposição, rouba e bola dele e bate de esquerda de fora da área. Em seu trajeto, a bola é desviada em Kjaer e morre no fundo do gol. A virada chegou merecida! 2-1 Reds.

E ainda aos 42 minutos, Mané sofreu um pênalti, batido por Firmino e a bola caprichosamente bateu na trave e saiu. Tudo isso durante a primeira etapa! Um gol do adversário aos 5 minutos, gol de empate, gol da virada e pênalti perdido. Levando em consideração as chances claras perdidas, a primeira etapa poderia ter terminado 4-1 facilmente. 

Mas depois disso que veio o problema. Ao invés de tentar matar o jogo, colocando de repente Philippe Coutinho desde os 45 minutos da segunda etapa, Klopp decidiu continuar como estava. Só que a equipe cansou. Foi nítido isso na jogada do gol do empate. No minuto 72, o Sevilla conseguiu trocar passes rápidos e Correa apareceu na frente da área para marcar. 2-2. O Liverpool flertou com esse gol durante todo o segundo tempo. Só depois disso, que Klopp resolveu mexer.

Tirou Emre Can, que estava exausto, para colocar Philippe Coutinho, que inclusive foi bem recepcionado pela torcida. Aplaudido de pé, o brasileiro tentou, mas a falta de ritmo de jogo era visível, já que o nosso camisa 10 errou praticamente todas as jogadas que tentou.

Créditos: liverpoolfc.com
E faltando 2 minutos para o final do jogo, Klopp colocou Oxlade-Chamberlain e depois Sturridge, nos lugares de Mané e Salah. Mas com pouquíssimo tempo para tentar algo, nada puderam fazer. O Liverpool teve chances no abafa de final de jogo, mas terminou assim mesmo. Joe Gomez ainda foi expulso, pelo segundo cartão amarelo.

Frustrante. Mais frustrante do que os 5-0 que tomamos do City fora de casa, porque tivemos inúmeras oportunidades e que não foram convertidas por falta de precisão. O ataque e o meio dos Reds criam muitas chances, mas está precisando aprender a colocar a bola nas redes. O Sevilla deu 2 chutes no gol e marcou dois. O Liverpool deu sete e conseguiu os mesmos dois.

Empatar com a outra força do grupo da Champions não é de todo mal, mas pelo jogo que foi, era para ter sido uma goleada. Spartak Moscou e Maribor também empataram, o que mostra que o Maribor não é baba que estão achando que seja.

O próximo jogo dos Reds é contra o Burnley, dia 16 de setembro em Anfield e sinceramente, espero que não seja tão frustrante quanto foi esse.
Compartilhar:

12/09/2017

PRÉ-JOGO: Liverpool x Sevilla



ESTÁDIO - Anfield

ÁRBITRO - Danny Makkelie (Holanda)

DATA E HORA - 13 de Setembro de 2017 // 15:45 (BSB)

É incrível o efeito que o futebol pode ter em você. Ainda de luto pelo colapso frente ao City no sábado, não está sendo fácil aparecer aqui para escrever esse pré-jogo. Talvez "broxado" seja uma boa, apesar de vulgar, palavra para descrever como estou me sentindo depois de ver Mané ser expulso por aquele lance com o Éderson e o time perder a cabeça e senso de coletivo logo depois. Sim - é difícil estar com 10 em campo frente ao forte time do City - mas 5-0?! Por favor!

Tenho certeza que, como nós, torcedores, o time dos Reds estará abalado. O orgulho profissional deles foi ferido. E nenhuma equipe gosta de deixar esse clima ficar entre eles por muito tempo. E esse é o motivo pelo qual uma noite em Anfield contra um oponente com o qual temos contas a acertar pode ser exatamente do que o Liverpool precise.

O Sevilla está sob o segundo técnico diferente desde de que Unai Emery os deixou depois de comandar o time NAQUELA final da Europa League. Entretanto, eles ainda são capazes de causar muitos problemas para qualquer oposição, como provaram ao terminar em quarto lugar na temporada passada do campeonato espanhol. Sampaoli tinha substituído Emery, mas agora quem comanda o clube é o argentino Eduardo Berizzo, desde o início de 2017. Ele têm apenas 5 dos jogadores que começaram aquela final da Liga Europa há 15 meses atrás. Interessante notar que os atacantes daquela noite, Kevin Gameiro e Coke, estão agora no Atlético de Madrid e no Schalke 04, respectivamente.

FORMA

O Liverpool começou bem a temporada. Dois resultados inseguros contra Watford e Crystal Palace foram apagados pelas incríveis performances ofensivas contra Hoffenheim e Arsenal. No último sábado, porém, a história foi outra. O City poderia ter ganhado por mais de 5 gols se quisesse, pois os Reds pareciam não saber como jogar com 1 homem a menos - tendo perdido Sadio Mané no primeiro tempo. O jogo de quarta é a chance para Klopp e seu time voltarem aos trilhos.

O Sevilla somou 7 dos 9 pontos disponíveis no começo dessa La Liga. Como o Liverpool, o Sevilla também chegou à fase de grupos da Champions pelos playoffs. Eles derrotaram o time turco - Istanbul Basaksehir - por 4-3 no agregado.
Jesus Navas e Nolito, ex-jogadores do Manchester City, agora jogam pelo clube espanhol. Steven N'Zonzi também será um rosto familiar para os Reds, do tempo em que jogou pelo Blackburn Rovers e Stoke City.

NOVIDADES DOS TIMES

Na coletiva de imprensa dessa tarde, Jurgen Klopp confirmou que se nada acontecer hoje a noite, Loris Karius será nosso goleiro amanhã. A notícia confirma os boatos de que o alemão seria nosso goleiro na Champions League. Resta saber se ele continuará no posto para as próximas partidas - o que deve depender diretamente de suas performances. O cartão vermelho de Sadio Mané só surtirá efeito para os jogos domésticos, fazendo com que ele fique disponível para a partida de amanhã. Clyne não foi nem inscrito na fase de grupos, ainda se recuperando de uma lesão nas costas. Danny Ings e Adam Lallana também estão fora por lesão.
Salah não participou do treino aberto desta tarde por causa de uma dor de garganta, mas deve estar de volta amanhã, segundo Klopp.
Coutinho deve retornar para o time nesse jogo. Eu diria que ele começará no banco amanhã. 
Klopp deve revezar um pouco o elenco, e acredito que Gomez, Lovren, Milner e Robertson devem estar dentre os selecionados. 

No Sevilla, David Soria (o goleiro da final de 2016), Nolito, Johannes Geis e Nico Pareja estão na lista do DM. Berizzo parece preferir um 4-1-4-1 para seu time, com Ben Yedder bem na frente. 

PREVISÃO DOS TITULARES

Liverpool - Karius; Gomez, Lovren, Matip, Robertson; Henderson, Milner, Wijnaldum; Salah, Mané, Firmino.
Sevilla - Rico; Mercado, Kjaer, Lenglet, Escudero; N'Zonzi, Navas, Ganso, Banega, Sarabia; Ben Yedder.

ÚLTIMO ENCONTRO

O último e único encontro entre as duas equipes foi a final da Europa League de 2015-16. 3-1 para os espanhóis e semanas de dor de cabeça para os Reds.

PREVISÃO DA PARTIDA

É difícil prever o resultado de um jogo depois de um resultado bizarro como foi a goleada de 5-0 em Manchester no último sábado. Entretanto, o fato de ser uma partida em casa onde a torcida pode ajudar o time a voltar à boa forma bota o peso em favor do Liverpool, para mim. Peça a peça, o elenco  do clube inglês bate o espanhol - principalmente se Coutinho entrar para aumentar a qualidade no segundo tempo. Vitória nossa, a não ser que mais alguém decida dar com a cara na chuteira do Mané.

PALPITES DA ANFIELD BRASIL

Vitor (@vitoresm): #LIV 3 x 1 #SEV

Celso (@celsogabaldi): #LIV 3 x 1 #SEV

Maurício (@MauricioCola): #LIV 5 x 3 #SEV

Alex (@AleexDede): #LIV 3 x 1 #SEV

Jaíne (@jainelfc): #LIV 3 x 1 #SEV


Compartilhar:

UEFA Champions League: As apostas do Anfield Brasil!


Amigos da Anfield Brasil, hoje tem início da temporada 2017-18 da maior competição de clubes do mundo. Os Reds só estreiam amanhã, mas hoje já teremos um gostinho do que será essa temporada da UEFA Champions League.
Neste ensejo, a nossa equipe decidiu fazer um pequeno "bolão de apostas" dessa fase de grupos, com uma pequena explicação acerca do que pensamos. Gostaria de agradecer aqui os garotos Celso Gabaldi (@celsogabaldi), Arthur Bezerra (@turudo301) e Alex Dedé (@AleexDede) por terem participado e contribuído para que pudéssemos tornar esse post realidade.
Bom, sem mais delongas, vamos aos grupos:

GRUPO A


a) VITOR ESMANHOTTO

1º - Manchester United
2º - Benfica
3º - FC Basel
4º - CSKA Moscou

Parece-me claro que o Manchester United destoa desse grupo A. O time de Mourinho além de ter os melhores jogadores, está em boa fase e possui a versatilidade de poder jogar para frente, no ataque, ou optar pelo "mourinhobol", retrancando com eficiência. O time mostrou que é copeiro e tem capacidade de levar perigo em qualquer competição na temporada passada, quando apesar da colocação decepcionante na Premier League, levaram a Europa League e a Copa da Liga. Depois deles, creio que o Benfica seja o time que pode levar a segunda classificação, deixando para trás os times mais fracos. Entretanto, sabemos que o Basel pode surpreender - não posso deixar de lembrar dos problemas que nos deram na última edição que participamos da Champions. No fim, creio que o CSKA seja o time mais fraco - apesar da viagem complicada - e deve ficar em último do grupo, mesmo. 

b) ARTHUR BEZERRA

1º - Manchester United
2º - Benfica
3º - FC Basel
4º - CSKA Moscou

O United é facilmente o time mais forte do grupo. Mourinho sabe treinar bem suas equipes para esse tipo de competição e não imagino outra configuração se não o United em primeiro. Benfica é a segunda potência no grupo. O pentacampeão portugûes carimba esse segundo lugar com tranquilidade. As outras duas posições ficam por conta de Basel e CSKA e acredito que o time suíço consiga esse terceiro lugar, deixando o time da capital russa na quarta posição.

c) ALEX DEDÉ

1º - Manchester United
2º - Benfica
3º - CSKA Moscou 
4º- FC Basel

Manchester atravessa grande fase, com Lukaku e Ibrahimovic no ataque não deve ter problemas para se manter no topo do grupo, junto do Benfica que sempre faz ótimas campanhas nas terras portuguesas e deve assegurar seus pontos em casa. Porém CSKA e Basel devem dar trabalho ao time português, com o CSKA lutando pela segunda colocação num duelo entre Jonas e Vitinho no comando dos ataques.

d) CELSO GABALDI

1º - Benfica
2º - Manchester United
3º - CSKA Moscou 
4º - FC Basel

Basel e CSKA entram lutando por uma vaga na Europa League, Benfica vence o United nas duas partidas e fica com a liderança.

GRUPO B


a) VITOR ESMANHOTTO

1º - Paris Saint-Germain
2º - FC Bayern 
3º - Celtic FC
4º - Anderlecht

Vou arriscar aqui e falar que o PSG de Neymar e Mbappé chega na frente do Bayern nessa edição. O time de Munique se reforçou, principalmente, com o meia James Rodríguez, do Real Madrid, mas mesmo ele ainda precisa retormar aquela forma da copa de 2014. O time é muito bom, e Ancelotti é ótimo técnico, mas creio que um time renovado e com a animação e o hype da chegada dos melhores jogadores jovens do nosso tempo pode fazer frente e pegar o primeiro lugar do grupo B. Celtic e Anderlecht terão um campeonato a parte para ver quem pega o terceiro lugar e tem a chance de competir na Europa League. Vou apostar no time de Brendan Rodgers, que sabe jogar bem dentro de casa, apesar do Anderlecht também poder, tranquilamente, pegar o lugar caso jogue bem.

b) ARTHUR BEZERRA

1º - FC Bayern 
2º - Paris Saint-Germain
3º - Celtic FC
4º - Anderlecht

Neste grupo teremos uma disputa muito forte. Bayern de Munique é sempre um dos times favoritos ao título. O PSG se fortaleceu muito nessa janela de transferências, com Dani Alves, Mbappe e Neymar. O clube francês vai brigar pela primeira vaga no grupo, mas acho que acaba ficando com o time alemão mesmo. O Celtic, de Brendan Rodgers, gosta também desse tipo de competição. Costuma jogar fechado e tem muita força em seu estádio. Já o Anderlecht, apesar de ter bons jogadores, vai acabar mesmo ficando em último no grupo.

c) ALEX DEDÉ

1º - Paris Saint-Germain
2º - FC Bayern
3º - Anderlecht
4º - Celtic FC

Bayern e PSG são unanimidades, creio que Neymar vai mostrar todo seu futebol e a vontade do time parisiense de chegar a final vai prevalecer em cima do Bayern e os farão ficar em primeiro lugar no grupo. O campeão belga deve ficar a frente do Celtic, mesmo após a perda de Tielemans, até pela dificuldade dos Escoceses em se qualificar na pré Champions creio que ficarão em último.

d) CELSO GABALDI

1º - Paris Saint-Germain
2º - FC Bayern
3º - Anderlecht 
4º - Celtic FC

Fator Neymar ajuda e PSG terminará na liderança.

GRUPO C


a) VITOR ESMANHOTTO

1º - Atlético de Madrid
2º - Chelsea FC
3º - AS Roma
4º - Qarabag FK

Apesar do Chelsea ser o campeão inglês e estar em franca recuperação depois de ter estreado tomando 2 gols do Burnley dentro de casa, não creio que o time de Morata e Hazard fique com o primeiro lugar desse grupo.  O Atletico de Madrid de Simeone, além de ter um estilo de jogo muito melhor consolidado (o argentino treina o time desde 2011), possui jogadores em melhor fase e tem um fator "casa" mais forte do que o clube londrino. Os espanhóis ficam em primeiro. O Chelsea, entretanto, não vai sucumbir ao Roma, que também não tem um time com força o bastante para fazer frente aos dois primeiros. Roma que, entretanto, não deve ter problemas para bater o fraco Qarabag e ter sua chance na Europa League. 

b) ARTHUR BEZERRA

1º - Atlético de Madrid
2º - Chelsea FC
3º - AS Roma
4º - Qarabag FK

Apesar de não poder contratar ninguém na última janela de transferências, o Atlético de Madrid continua forte. Simeoni gosta desse tipo de competição, não à toa o time chegou a duas finais em três anos. A briga entre Chelsea e Roma será boa. O time inglês tem um elenco bem mais interessante do que o italiano e é o atual campeão da Premier League, mas a Roma não vai facilitar as coisas. Já o Qarabag provavelmente será o saco de pancadas e amargará a última colocação do grupo C.

c) ALEX DEDÉ

1º - Atlético de Madrid
2º - Chelsea FC
3º - AS Roma
4º - Qarabag FK

Atlético em primeiro pois a tradição nos últimos anos prevalecerá, com um time que sabe jogar a UCL a muito tempo. Chelsea e Roma farão uma briga boa pelo segundo lugar, com a Roma mais qualificada em seu elenco pra não ser um fiasco como nas últimas campanhas, será um páreo duro pro time Inglês que tem seu sistema de defesa sólido e com Morata, William e Hazard em ótima fase. Já do pequeno Qarabag não se espera muito, mas eles podem decidir o segundo colocado do grupo arrancando alguns pontinhos.

d) CELSO GABALDI

1º - Atlético de Madrid
2º - AS Roma
3º - Chelsea FC
4º - Qarabag FK

Chelsea perde a classificação na última rodada e amarga a dolorosa Europa League.

GRUPO D


a) VITOR ESMANHOTTO

1º - Juventus
2º - FC Barcelona
3º - Olympiacos
4º - Sporting CP

A Juventus já mostrou, na temporada passada, que não depende de Pogba para ter sucesso nas competições. Acredito que, esse ano, mostrarão que também não dependem de Bonucci. Com Dybala voando e o sistema de Allegri funcionando bem como sempre, devem anular o "novo" Barcelona de Paulinho e Dembelé (e Suárez e Messi) e passar em primeiro novamente. O Barcelona, apesar de estar mostrando durante essas últimas semanas que "não tá morto quem peleia", não me parece um time pronto para lidar com a Juventus no nível em que está. Apesar disso, deve passear na Grécia e em Portugal, sem problemas para bater os outros dois times do grupo. Entre Olympiacos e Sporting, sinceramente, pode pegar o terceiro lugar qualquer um. Minha aposta vai para o clube grego, com o qual simpatizo mais.

b) ARTHUR BEZERRA

1º - Juventus
2º - FC Barcelona
3º - Sporting CP
4º - Olympiacos 

A Juventus passará o grupo em primeiro colocado por ter um time superior ao do Barcelona. Foi duas vezes finalista da competição nos últimos três anos é um dos favoritos ao título. O Barcelona tem Messi e Suárez, o que já os coloca como favoritos ao título também, mas o elenco vai precisar ajudar. A defesa anda tendo problemas e o elenco é curto. O time português conseguiu contratar bons jogadores na janela de transferências e vai terminar em terceiro lugar e o Olympiacos ficará mesmo em quarto.

c) ALEX DEDÉ

1º - Juventus
2º - FC Barcelona
3º - Sporting CP
4º - Olympiacos 

Juventus tem leve vantagem em cima do time catalão por manter a estrutura inteira do elenco. Acho que Sporting dará algum trabalho aos espanhóis, pois são assíduos taticamente e a fraqueza das laterais e meio campo do Barça pode ser um ponto a ser explorado. Olympiacos ao meu ver seria um oponente que por jogar mais fechado, poderia tirar alguns pontos na Grécia de alguns dos times do grupo.

d) CELSO GABALDI

1º - Juventus
2º - FC Barcelona
3º - Sporting CP
4º - Olympiacos 

Olympiacos fraco tanto dentro quanto fora de casa, não consegue nem fazer peso no grupo.

GRUPO E


a) VITOR ESMANHOTTO

1º - Liverpool 
2º - Sevilla
3º - Spartak Moscou
4º - Maribor 

Creio que essa é a oportunidade para Klopp mostrar a que veio, e acho que mostrará. O Sevilla será um oponente complicado, tendo um time bem montado e que sabe jogar um bom futebol. Entretanto, creio que o time inglês, quando completo e seguindo sua tática, consegue bater qualquer um dos clubes que grupo E. Por isso, acho que pega o primeiro lugar. O clube espanhol, tricampeão da Europa League, também tem histórico de decepções na Champions. De qualquer forma, o clube de PH Ganso deve chegar às oitavas pelo segundo lugar do grupo. O Spartak, apesar de não ser um time forte, têm um fato casa decisivo - uma viagem longa para os outros. Por isso, e pelo fato de possuir superioridade técnica em relação ao esloveno Maribor, deve chegar à Europa League pelo terceiro lugar do grupo E.

b) ARTHUR BEZERRA

1º - Sevilla
2º - Liverpool
3º - Spartak Moscou
4º - Maribor 

Sevilla é tri campeão da Europa League, então sabe jogar em competições europeias. Creio que dará o próximo passo e vai se classificar em primeiro no grupo E. O Liverpool tinha tudo para cair num grupo da morte, mas foi ajudado pela sorte e ficou em um grupo favorável. Vai brigar pela primeira posição, mas imagino que o time de Klopp chegará em segundo. Os russos do Spartak ficarão em terceiro e o Maribor em quarto. As viagens para Rússia e Estônia serão complicadas para os times do oeste da Europa. 

c) ALEX DEDÉ

1º - Liverpool 
2º - Sevilla
3º - Spartak
4º - Maribor 

Um grupo mediano, com Sevilla e Liverpool lutando pelas primeiras colocações e um Liverpool cheio de vontade após algum tempo fora da Champions. Espera-se ótimos jogos, após um histórico de confrontos recentes na Liga Europa entre os dois. E claro, Coutinho de volta em conjunto com o ataque super veloz devem brilhar. Spartak pode arrancar alguns empates, mas com o futebol russo fraco no momento não vejo como um empecilho, assim como o campeão Esloveno sem tradição nenhuma na competição deve ficar por último. 

d) CELSO GABALDI

1º- Liverpool
2º - Spartak
3º - Sevilla
4º - Maribor
Liverpool passa sem dificuldades e Sevilla acaba indo para a europa league, lugar onde não poderia ter saído.

GRUPO F



a) VITOR ESMANHOTTO

1º - Manchester City
2º - Napoli
3º - Shakhtar Donetsk
4º - Feyenoord

O Manchester City de Pep Guardiola mostrou no sábado que é um time organizado e que possui jogadores que fazem toda a diferença. De Bruyne mantendo a forma é um dos melhores meias do mundo, dando assistências "à la" Fàbregas em sua melhor época. O belga suprindo os passes para Aguero, o maior artilheiro não-europeu da Premier League, e para Gabriel Jesus, o garoto que a cada dia parece mais craque, deve garantir o primeiro lugar do grupo F ao time de Manchester. 
Dito disso, creio que o Napoli deve pegar o segundo lugar e a segunda vaga para as oitavas-de-final dessa edição da Champions League. É um time consistente e com peças importantes, como é o caso de Mertens e Hamsik, e se jogar o seu futebol, não deve ter muitas dificuldades com Sakhtar e Feyenoord. 
Entre os dois últimos, creio que o Shakhtar tem mais força para alcançar a Europa League do que o Feyenoord. Entretanto, também não ficaria assustado se o clube holandês mostrasse um futebol mais eficiente e jogasse o Shakhtar para o último lugar.

b) ARTHUR BEZERRA

1º - Manchester City
2º - Napoli
3º - Shakhtar Donetsk
4º - Feyenoord

Aqui a primeira colocação ficará com o time de Manchester. Um elenco muito mais completo e é um dos times que tem chance de brigar pelo título. O Napoli conseguiu chegar na fase de mata-mata no ano passado e caiu nas oitavas para o Real Madrid. Mas tem um ataque muito forte e vai brigar com o City pela primeira posição. Já o Shakhtar, mesmo jogando longe de seu estádio por conta das guerras na região, está mais acostumado com a competição e terminará em terceiro. O Feyenoord amargará a quarta posição do grupo.

c) ALEX DEDÉ

1º - Napoli
2º - Manchester City
3º - Shakhtar Donetsk
4º - Feyenoord

Acho que será uma das melhores disputas pela primeira colocação, após o Napoli aprender a jogar a UCL e melhorando a cada ano, enfrentando o City que vem em ótima fase com Jesus e De Bruyne. Ainda creio que o Napoli conseguirá manter-se em primeiro pelo histórico recente melhor.
Shakhtar é o meio termo do grupo, podendo dar trabalho em casa, assim como o clube Holandês que não deve nada a ninguém e pode dificultar a disputa nas cabeças nos jogos em casa.

d) CELSO GABALDI

1º - Napoli
2º - Manchester City
3º - Feyernoord
4º - Shakhtar Donetsk

Mertens destrói City na Inglaterra, vence jogo chave e fica na primeira colocação.

GRUPO G



a) VITOR ESMANHOTTO
1º - AS Mônaco
2º - RB Leipzig
3º - FC Porto
4º - Besiktas

Talvez o grupo mais equilibrado dessa fase de grupos. Isso aqui pode ir para qualquer lado e qualquer aposta é arriscada. Mas vamos lá: O Mônaco, mantendo o nível da temporada passada, mesmo sem Mbappé, pode garantir o primeiro lugar aqui. Contratou bons jogadores nessa janela, como é o caso de Keita Balde, e não deixou Thomas Lemar escapar. Joga um bom futebol e tem todas as condições de fazer frente aos outros clubes do grupo. 
Em segundo lugar, vou colocar minhas fichas no Leipzig. É um time que surpreendeu demais na última Bundesliga e conseguiu manter até mesmo Naby Keita até a próxima temporada. Pode alcançar o segundo lugar desse grupo. O Porto, time que um dia já conquistou a Champions League, hoje já não é mais o que era. Foi difícil para mim colocá-los no terceiro lugar e tenho receio que esteja errado, mas ainda confio mais no time português do que no Besiktas - apesar dos reforços que trouxe e da força dos turcos em seu caldeirão. 

b) ARTHUR BEZERRA

1º - AS Monaco
2º - RB Leipzig
3º - Besiktas
4º - FC Porto

O grupo G é um dos mais disputados. Todos os times estão mais ou menos no mesmo nível. O Monaco chegou na semifinal ano passado, mas perdeu jogadores importantes como Mendy, Bakayoko e Mbappe. O Leipzig adicionou boas peças, como o portugûes Bruma e o meio campista Kampl, além de manter Timo Werner e Naby Keita. O Besiktas também contratou bem, já que levou Pepe do Real Madrid. Conta também com a força de sua torcida e jogar na Turquia não é fácil pra ninguém. Já o Porto terminará em quarto colocado, mas volto a dizer, qualquer coisa pode acontecer neste grupo.

c) ALEX DEDÉ

1º - AS Mônaco
2º - RB Leipzig
3º - FC Porto
4º - Besiktas

Um grupo muito equilibrado, com times bem montados e táticos. Creio que as 3 primeiras colocações são incógnitas, mantendo ao meu ver o histórico mais recente para qualificar as posições.
O time alemão pra mim será a surpresa do grupo, tirando a vaga do Porto que a algum tempo já não mostra um futebol tão bom como na época de Casemiro e companhia. Assim resta o Besiktas que mesmo estando em último na minha qualificação pode dar trabalho aos alemães e portugueses por jogar sem pressão.

d) CELSO GABALDI

1º - AS Mônaco
2º - Besiktas
3º - FC Porto
4º - RB Leipzig

Besiktas consegue a vaga no sofrimento, na última rodada.

GRUPO H



a) VITOR ESMANHOTTO

1º - Real Madrid
2º - Borussia Dortmund
3º - Tottenham Hotspur
4º-APOEL

Acho que não tem como não colocar os bicampeões espanhóis em primeiro desse grupo. As peças do Real Madrid ainda figuram entre os melhores do mundo em todas as posições do time, e Cristiano Ronaldo não parece estar freando com a idade. Modric e Kroos ainda formam a melhor dupla de volantes do futebol e o jovem Asensio vem com vontade para jogar pelos Madrileños. Podem e devem bater os três times no Bernabeu a arranca vitória fora de casa pelo menos contra o APOEL, podendo tranquilamente fazer frente ao resto (principalmente se falando de Tottenham em Wembley). 
Entre os Spurs e o Dortmund, teremos um disputa ferrenha pelo segundo lugar que pode ir para qualquer lado. E, apesar de reconhecer a força do time londrino, creio que dependem mais do bom futebol de seus astros do que o Dortmund - que representa uma força "de time" mais consistente. Os Spurs possuem a chance de classificação caso Harry Kane, Dele Alli e Christian Eriksen joguem o fino da bola, mas creio que vão vacilar em casa e fora dela, dando chance para o time alemão conseguir a segunda colocação. 
O time inglês deve conseguir o lugar na Europa League, e chegar na competição para ganhar - levando em conta os times disputando esse ano. 
O APOEL... bom, o importante é participar!

b) ARTHUR BEZERRA

1º- Real Madrid
2º - Tottenham Hostpur
3º - Borussia Dortmund
4º - APOEL

Real Madrid e Borussia Dortmund se encontram em uma fase de grupos mais uma vez. O time madrilenho é um absoluto favorito ao título e vai buscar o tricampeonato. A briga pelo segundo lugar vai ser boa, já que o Tottenham tem um elenco forte, com um trio ofensivo de altíssima qualidade e o Borussia conta com a sua torcida. Além disso, depende do condicionamento de Marco Reus, seu melhor jogador, perdeu Dembele para o Barcelona e Aubameyang vai precisar estar inspirado para levar esse time longe na competição. Já o time cipriano será o saco de pancadas do grupo.

c) ALEX DEDÉ

1º - Real Madrid
2º - Tottenham Hotspur
3º - Borussia
4º - APOEL

Real Madrid indiscutívelmente é favorito, com elenco super qualificado, com Bale e Asensio no banco e Isco brilhando, deve passar fácil nesse grupo da morte. Tottenham e Borussia terão a melhor disputa de vaga, com os ingleses na sede de jogar a UCL de novo e os alemães com elenco super entrosado podem até dificultar o elenco galático de Cr7 na primeira colocação. Mesmo não sem o estádio próprio acho que o os Spurs vao surpreender e fazer ótima campanha. Apoel pode ser a zebra e embolar esse grupo, como já de costume nas últimas campanhas com um time que joga sem pressão nenhuma.

d) CELSO GABALDI

1º - Borussia Dortmund
2º - Real Madrid
3º - Tottenham Hotspur
4º - APOEL

Como na última temporada, Dortmund atrapalha a vida do real, fica em primeiro, e Spurs termina na Europa League.
Compartilhar:

»

»

»

Curta o Anfield BR no Facebook

Acompanhe-nos no Twitter

» PARCEIRO

»

»

Marcadores

2015-16 2016-17 2017-18 2022 3º uniforme acidente. adam lallana agger aine aitor karanka ajax alberto moreno alemanha Alex Dedé alex ferguson alex manninger alex oxlade-chamberlain alexandre lacazette allan rodrigues alonso amistoso análise Análises - Caio Marcos andrew robertson andy robertson anfied road anfield anfield br anfield brasil anfield road Anfieldbr anfieldindex aniversario aniversário antiga capital one cup antiga carling cup antonio conte aposentadoria apostas arsenal Arthur Bezerra artigo atacantes ataque atletico atlético de bilbao atlético de madrid aubameyang audi cup Baldé balotelli barcelona bayern bayern munchen ben woodburn benitez benteke besiktas bilbao black cats bolonha bordeaux boro boro 0-3 liverpool Borussia Moenchengladbach bounemouth bournemouth boxing day brad smith brancas brendan rodgers burnley burton burton albion calendario cameron brannagan camisa camisas camp nou campeonato espanhol campeonato inglês can capitão carabao cup carragher Celso Gabaldi ceo champions league chapecoense chelsea chelsea fc chelsea x liverpool chievo china chineses christian benteke city claudio ranieri clyne colombia coluna compra conte contratação contrato convocação copa africana de nações copa da inglaterra copa da liga correa coutinho cr7 crystal palace curiosidades dados da partida dahoud daily mail dancinha daniel agger daniel sturridge danny ings danny ward data fifa david silva de virj deadline day dejan lovren derbi derby county derby day derrota diego costa diouf. gerrard diretoria dispensas Divock Origi Divock Origi. documentário dominic solanke draxler drone ederson EFL Cup EI ei plus elenco eliminatória emile heskey empresario emprestimo emre can english team enrique entrevista equipe escudos espanha especial especulação Esporte Interativo euro sub19 europa league everton everton 0x1 liverpool everton fc ex-corinthians fa cup fase de grupos fenerbahce fernando torres festa fiorentina Firmino fleetwood town fotos FSG fulham futebol de 7 gabriel jesus gabriel. gabigol gafe galatasaray galeria Georginio Wijnaldum gerard houllier gerrard gini wijnaldum Gladbach glen mcauley goal golden boy award goleiros gols gomez grêmio grujic grupo E guardiola harry wilson hector henderson hertha berlim hertha berlin hillsborough história hoffenheim hojbjerg holler hong kong huddersfield town hull city ian ayre ian rush ICC imprensa inglaterra ings inter de milão interações dos seguidores interações twitter International Champions Cup Islam Slimani james milner jamie carragher jamie redknapp janela de transferencia janela de transferência jetro willems jft96 joe allen joe gomez joel matip jogadores john terry jordan henderson jordon ibe josé maria giménez josé mourinho juliand brandt jurgen klopp jürgen klopp juventus kalidou koulibaly karius karius liverpool keita kevin stewart klavan klopp konstantinos manolas kop stand LA Galaxy la manga lallana larissa lateral direito lateral esquerdo lazar markovic Lazio leander dendoncker lebron james leeds leeds united leicester leicester city leicester x liverpool leipzig leiva leon goretzka lesão leucemia leverkusen liderança lista livepool fc liverpool liverpool 1-0 crystal palace liverpool 4-0 arsenal liverpool fc liverpool v arsenal liverpool vs leeds liverpool x arsenal liverpool x boro liverpool x manchester united liverpool x swansea liverpool x tottenham liverpoolfctv lma performance of week loris karius lovren lucas lucas leiva luis suárez Mahmoud Dahoud mainz malcom mamadou mamadou sakho man united man utd manchester city manchester united mane mané mangas maribor mario balotelli mario gotze marko grujic markovic match preview matip max meyer meio campo melhor jogador de agosto melhor jogador do mês melhores momentos melwood melwood pub melwoodpub menino. mercado merseyside merseyside derby messi michael beale michael owen mickey middlesbrough middlesbrough x liverpool mignolet milan millie bobby brown milner mino raiola mohamed salah mônaco moreno mourinho multa mundial murphy naby keita Nagelsmann napoli natal nathaniel clyne new balance new main stand newcastle united neymar nice north west derby notícias nova arquibancada o mágico off OGC Nice ojo onde assistir opinião origi ousmane dembele Owen país de gales pancada paraolimpiadas participação participação da torcida patrocinador pausa internacional pele pelé pep guardiola PES pesquisa philippe coutinho phillippe coutinho pior pirlo placa de publicidade player profile playerprofile plymouth plymouth argyle pogba polemica polêmica portugal pos jogo pós jogo pósjogo pre jogo pré jogo pre match pré temporada pré-jogo pré-temporada premier league premier league asia trophy premier legue preso previa prévia Pro Evolution Soccer promessa promoção provável escalação psg quiz rafa benitez ragnar klavan rapido rb leipzig reações da torcida real madrid redes reds reds ilustres refugiado renovação reserva resumo retorno review rewiew rhian brewster roberto Roberto Firmino rogerio ceni roma ronaldinho gaucho ronaldo rumor rumores ryan kent sadio mane sadio mané saf safadão saídas saints sakho salah salário sao paulo Sean Highdale seguidores seleção brasileira seleção inglesa selfie semi final setembro sevilla shane long Sheyi Ojo simon mignolet sion sir alex ferguson skipper skrtel solanke sorteio soton southampton southampton x liverpool spartak sporting spurs stamford bridge steven gerrard stoke stoke city stranger things sturridge suárez sub-18 sub-23 sunderland suspensão swansea swansea city swansea x liverpool talismã técnico técnicos mais bem pagos temporada 2017-18 terceira rodada terceiro uniforme the s*n this is anfield thomas lemar tiago ilori tite titi camara titulo torcedores torcedores brasileiros torcida tottenham tottenham hotspur tottenham hotspurs tranmere tranmere 0 - 4 liverpool transferencia transferencias treinador treino trent alexander-arnold twitter u23 UCL uefa uefa champions league 2017 um ano Um giro em Melwood uniforme united van dijk venda vermelhas video vigil van dijk virgil van dijk virj Vitor Esmanhotto volante Wales ward watford west brom west bromwich albion western union wigan wijnaldum wisdom wolfsburg wolverhampton woodburn xabi alonso xavi ynwa zagueiro zenit zidane

Arquivo do blog